As perguntas sem respostas em torno dos assassinatos em SC

Polícia Civil apura as mortes registradas entre 21 de abril e 19 de maio; testemunhas estão sendo ouvidas

atualizado 23/05/2022 18:29

montagem com três fotos de pessoas diferentesReprodução/ Redes Sociais

As mortes de Hilário Porto, Maurício Pereira e Mônica Ribeiro ainda intrigam a polícia de Blumenau, Santa Catarina. Os crimes aconteceram no intervalo de um mês e, apesar de não terem relação entre si, têm algo em comum: não se sabe quem cometeu os assassinatos e por quais motivos. A Polícia Civil tem ouvidos testemunhas, mas diz que é cedo para definir uma linha de investigação. 

A travesti Mônica Ribeiro, de 36 anos, é a vítima mais recente. Ela foi morta a tiros no dia 19 de maio enquanto estava em um ponto de ônibus na Rua Engenheiro Udo Deeke, na região norte de Blumenau.

Saiba mais informações no portal NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias