Após revelar luta por comida, Dona Sonia recebe doações de ONG no Rio

A idosa, que mora com os netos e chegou a dividir o único ovo que tinha entre três crianças, ganhou cesta básica da Rio de Paz

atualizado 19/04/2021 11:37

Pernambucana Sonia Silva, de 63 anos, morada do Morro da Providência, no Centro do RioAline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – A história de luta e fome da pernambucana Sonia Silva, de 63 anos, contada no domingo (18/4) pelo Metrópoles, comoveu os leitores, que se mobilizam para enviar doações para a idosa, que é moradora do Morro da Providência, no Centro do Rio, primeira favela carioca.

Responsável pelos três netos com quem mora, Sônia vive dias de incerteza, agravados pela pandemia, e já precisou dividir o único ovo que tinha em casa entre as crianças. “É um ovo pra 3, e fico com fome”, contou.

A idosa recebe também apoio da ONG Rio de Paz, que já entregou a ela uma cesta básica e servirá de referência para aqueles que quiserem enviar doações. A ideia é fazer com que dona Sonia tenha esperança de dias melhores. “A minha vida sempre foi de perdas. Perdi muita coisa. Família, marido e filhos… Aqui é muito problema, mas vamos levando. Sempre com a ajuda uns dos outros”, disse.

Além da instituição, leitores de diversas cidades também se emocionaram e manifestaram, em e-mails enviados à redação, a vontade de ajudar Sonia e outros cidadãos que, como ela, vivem uma rotina de desalento e insegurança.

Presidente da ONG, Antonio Carlos Costa agradece a todos os que conseguem contribuir. “Agradecemos imensamente nossos colaboradores pela parceria, principalmente neste período de pandemia, quando nossa demanda aumentou muito”, escreveu em uma publicação em página no Facebook.

A ONG Rio de Paz agradece a quem puder fazer doações e disponibiliza o número da conta no Banco Itaú agência 1185, conta 44820-4, CNPJ 09.551.891/0001-49. O Pix é o número do CNPJ. Os interessados também podem entrar em contato pelas redes sociais da entidade, no Facebook ou no Instagram.

0

 

Últimas notícias