Anvisa sugere que Brasil proíba viajantes de mais 4 países africanos

Decisão foi tomada devido à nova variante da Covid-19, a Omicron, identificada inicialmente na África do Sul

atualizado 27/11/2021 23:07

Brasília (DF), 14/03/2016 - Avião pousa do aeroporto internacional jk em brasília- Foto, Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou ao governo brasileiro, em nota publicada na noite deste sábado (27/11), ampliar a restrição da entrada de viajantes no país, devido à Omicron, nova variante do coronavírus (Sars-CoV-2).

A Nota Técnica Complementar 204/2021 (leia a íntegra mais abaixo) sugere a inclusão de Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia na lista de recomendações de restrição de voos e viagens ao Brasil. Em nota anterior, publicada na sexta-feira (26/11), a Anvisa já havia recomendado medidas restritivas para os voos procedentes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

A nova variante foi identificada inicialmente na África do Sul. Porém, Reino Unido, Alemanha e Itália já confirmam casos da Omicron.

“De acordo com a Lei 13.979/2020, compete à Anvisa emitir manifestação técnica fundamentada de assessoramento, às decisões interministeriais, sobre eventuais restrições para ingresso no território brasileiro”, informou a agência.

A adoção das medidas, contudo, depende de portaria interministerial editada conjuntamente pela Casa Civil, pelo Ministério da Saúde, pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Sei Anvisa1687385notatcnica by Tacio Lorran Silva on Scribd

Mais lidas
Últimas notícias