Anvisa libera testes rápidos para coronavírus em farmácias

Segundo a diretoria do órgão, é necessário que haja profissionais capacitados nesses estabelecimentos para realizar os exames

atualizado 28/04/2020 10:57

Testagem em massa no DF deve ir até o dia 30 de maioHugo Barreto/Metrópoles

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta terça-feira (28/04), por unanimidade, a utilização de testes rápidos para diagnóstico de coronavírus em farmácias. A medida foi aprovada pela diretoria colegiada do órgão temporariamente e em caráter excepcional.

Apesar da liberação, é necessário que haja profissionais capacitados nesses estabelecimentos para realizar os testes.

Segundo o diretor-presidente do órgão, Antonio Barra Torres, que foi o relator da questão, a autorização de realização desses testes em farmácias é importante para aumentar o acesso da população ao diagnóstico da doença e ampliar as frentes de detecção do vírus.

O relator destacou que a medida perde a validade automaticamente assim que o Ministério da Saúde suspender o estado de situação de emergência em saúde pública de importância nacional.

Devido à urgência do tema, alguns trâmites usuais na aprovação de processos como esse foram dispensados, como a realização de análise de impacto e a abertura de consulta pública sobre o tema.

Últimas notícias