Anticorpos podem passar de gestantes vacinadas para bebês, diz UFS

A pesquisa foi feita com 50 pacientes, entre grávidas, puérperas e bebês, na cidade de Pinhão (SE)

atualizado 02/07/2021 10:31

Unplash/Reprodução

Um estudo realizado pela equipe de Força Tarefa da Covid-19 da Universidade Federal de Sergipe (UFS) identificou a possibilidade de transferência de anticorpos neutralizantes da covid-19 para bebês de gestantes imunizadas com a vacina AstraZeneca. A pesquisa foi feita com 50 pacientes, entre grávidas, puérperas e bebês, na cidade de Pinhão (SE).

De acordo com o coordenador da Força Tarefa, o farmacêutico Lysandro Borges, professor de Imunologia Clínica da UFS, foi possível observar pelo estudo que os anticorpos capazes de neutralizar o novo coronavírus em caso de infecção, conhecidos como anticorpos neutralizantes, foram passados de mãe para filho por meio da placenta ou até mesmo pelo leite materno.

Confira mais em F5 News, parceiro do Metrópoles.

 

Mais lidas
Últimas notícias