ANS inclui 69 novas coberturas na lista obrigatória de planos de saúde

Desse total, 50 se referem a medicamentos e 19, a procedimentos. Resolução normativa entrará em vigor em 1º de abril

atualizado 26/02/2021 10:30

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou, nessa quinta-feira (25/2), ter incluído 69 novas coberturas na lista obrigatória dos planos de saúde. Do total, 50 são relativas a medicamentos e 19, referentes a procedimentos, como exames, terapias e cirurgias.

A resolução normativa, que atualiza o rol de procedimentos e eventos em saúde, entrará em vigor no dia 1º de abril. O tempo é necessário para que as operadoras de planos de saúde se adequem à norma.

Na lista de medicamentos, estão 19 antineoplásicos orais que contemplam 28 indicações de tratamento para diversos tipos de câncer; 17 imunobiológicos com 21 indicações para tratamento de doenças inflamatórias, crônicas e autoimunes, como psoríase, asma e esclerose múltipla; e 1 medicamento para tratamento de doença que leva a deformidades ósseas.

Já na lista dos procedimentos estão exames, terapias e cirurgias para diagnóstico e tratamento de enfermidades do coração, intestino, coluna, pulmão, mama, entre outras.

Veja a lista de procedimentos incorporados:
0

“Para chegarmos à tomada de decisão quanto aos procedimentos que devem ser incluídos, avaliamos um conjunto de critérios, entre os quais os benefícios clínicos comprovados, o alinhamento às políticas nacionais de saúde e a relação custo-efetividade”, informo o diretor-presidente substituto da ANS, Rogério Scarabel.

O rol de procedimentos é válido para os beneficiários de planos de saúde contratados a partir de 2 de janeiro de 1999 — os chamados planos novos — e para os usuários de planos contratados antes dessa data, mas que foram adaptados à lei dos planos de saúde.

Últimas notícias