Aluna é espancada e morta por colega que teve o caderno rasgado

De acordo com a polícia, as professoras tentaram separar a briga, mas a vítima já havia desmaiado

atualizado 11/04/2019 18:23

Uma adolescente de 15 anos foi espancada e morta por uma colega de sala em Minhas Novas (MG) na tarde de quarta-feira (10/4). Segundo informações da Polícia Militar da região, Maria Aparecida Esteves Otoni teria rasgado o caderno da menor que cometeu o crime.

Ainda de acordo com os oficiais, as professoras tentaram separar a briga, mas a vítima já havia desmaiado. O serviço de emergência foi chamado e levou a jovem para um hospital da cidade, mas ela não resistiu.

Segundo o jornal O Tempo, no hospital, foi constatado traumatismo craniano, o que causou a morte.  Em entrevista, o tenente da Polícia Militar Lívio Louzada disse que as duas tinham problemas mentais.

“A vítima tinha rasgado o caderno mais cedo, e as funcionários da escola acharam que a situação estava resolvida. Mas, no recreio, a suspeita começou as agressões. Quando chegamos, Maria já estava desacordada e a outra foi contida pelos funcionários”, afirmou Lívio à publicação.

A suposta autora do crime tinha um histórico de violência. Quando tinha 3 anos, ela viu o pai matar a mãe. A jovem morava em um abrigo na cidade.

Em nota, a prefeitura de Minas Novas soltou nota lamentando o ocorrido na cidade.

O prefeito Aécio, em nome de todos os funcionários da Prefeitura Municipal de Minas Novas, vem a público externar o sentimento de pesar pelo prematura falecimento da jovem Maria Aparecida, se juntando em oração com toda comunidade minas-novense pedindo a Deus que dê forças à família e amigos que superarem este momento difícil.

Últimas notícias