O deputado federal Alexandre Frota foi condenado pela Justiça a pagar R$ 50 mil de indenização ao cantor Gilberto Gil. A decisão é da 9ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

De acordo com a publicação, no entendimento do desembargador Luis Felipe Francisco, Frota fez insinuações de racismo e comentários injuriosos contra Gil no Twitter. O músico foi acusado pelo deputado de “não poder mais roubar cofres públicos”.