Alesp: relator no Conselho de Ética pede cassação de Arthur do Val

Parecer foi enviado ao colegiado nesta 5ª será votado na semana que vem. Caso seja aprovado, ainda tem que passar pelo plenário da Casa

atualizado 07/04/2022 15:13

O deputado Arthur do Val, o Mamãe Falei. Ele tem cabelos pretos, barba e usa roupa escura- MetrópolesReprodução/Instagram

São Paulo – O relator do processo contra o deputado Arthur do Val (União) no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), Delegado Olim (PP), pediu a cassação do mandato do deputado. O relatório foi enviado ao colegiado nesta quinta-feira (7/4).

Para Olim, houve quebra de decoro parlamentar de Do Val ao proferir falas sexistas contra mulheres ucranianas. O caso foi revelado pela coluna de Igor Gadelha, do Metrópoles, em 4 de março de 2022.

O parecer será votado pelos nove membros do Conselho de Ética na próxima terça-feira (12/4). Caso o colegiado concorde com o relator, a decisão será remetida ao plenário, que vai votar se determina ou não a perda de mandato do parlamentar.

A Alesp tem 94 deputados. É necessário que ao menos 48 votem a favor da cassação de Arthur do Val.

Mais lidas
Últimas notícias