Alesc aprova segundo pedido de impeachment contra o governador de SC

O segundo pedido acusa Moisés de ter prestado informações falsas à CPI dos Respiradores. A votação teve início às 16h

atualizado 20/10/2020 21:32

Reprodução: Instagram

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) votou, nesta terça-feira (20/10), o segundo pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL). Pouco depois das 14h, o presidente da Alesc, Julio Garcia (PSD), abriu a sessão. Por 36 a 2 votos, os deputados votaram a favor para o prosseguimento do segundo pedido de impeachment contra o governador.

Com a decisão, a próxima etapa é a formação do tribunal misto, com cinco desembargadores e cinco deputados, como ocorreu no primeiro pedido de impeachment.

O segundo pedido acusa Moisés de ter prestado informações falsas à CPI dos respiradores. Há investigações sobre compra fraudulenta de 200 respiradores por R$ 33 milhões pagos antecipadamente e sem garantia de entrega e pela tentativa de contratação de um hospital de campanha em Itajaí.

A votação havia sido marcada para quinta-feira (15/10), porém uma decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), que foi posteriormente cassada, suspendeu a sessão.

O primeiro pedido

Marcada para 23 de outubro a votação entre os integrantes do tribunal, o primeiro pedido de impeachment contra Moisés e Reinehr  se encontra em uma fase mais avançada. Naquele caso, o tribunal misto já foi formado e o relatório da denúncia já foi feito.

0

Últimas notícias