A semanas do 2º turno, Bolsonaro autoriza nomeação de 625 policiais

A medida foi anunciada pelo governo na noite de quarta-feira (5/10). Os candidatos finalizam curso de formação nesta quinta-feira (6/10)

atualizado 06/10/2022 9:02

Jair Bolsonaro Rafaela Felicciano/Metrópoles

Na primeira semana de campanha para o segundo turno das eleições, o presidente Jair Bolsonaro (PL) autorizou a nomeação de 625 policiais rodoviários federais.

A medida foi anunciada pelo governo na noite de quarta-feira (5/10). Os candidatos finalizam curso de formação nesta quinta-feira (6/10).

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República citou que a Lei Eleitoral veda a nomeação de servidores nos três meses que antecedem a eleição.

No entanto, a legislação permite que a nomeação ocorra quando seja “necessária ao funcionamento de serviços públicos essenciais”.

Para o governo federal, o ingresso de novos policiais rodoviários federais na corporação será imprescindível para o atendimento “às demandas do período eleitoral e às demandas das viagens do período de férias do final de 2022 e início de 2023”.

“A não nomeação imediata de pessoal para a Polícia Rodoviária Federal comprometeria o funcionamento dessas atividades de segurança pública e segurança viária”, pontuou o governo.

No Diário Oficial da União (DOU) desta quinta, o governo federal divulgou as notas finais das avaliações do curso de formação e o resultado final do concurso para a Polícia Rodoviária Federal. Veja.

INPDFViewer (2) by Rebeca Borges on Scribd

Mais lidas
Últimas notícias