Existe filosofia por trás da numerologia

Conheça a relação entre o matemático Pitágoras e os estudos dos significados ocultos dos algarismos

Ilustracao : liviadebuenoIlustracao : liviadebueno

atualizado 19/11/2018 23:10

No último final de semana tive a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre numerologia e, sendo uma ciência espiritual, filosófica e matemática e que fez muito sentido para mim, resolvi buscar a filosofia por trás dela.

Pessoalmente, acredito que, no universo, tudo o que há e tudo o que acontece são uma energia ordenada. Nada acontece por acaso e, portanto, tudo e todos estão interconectados.

E essa é justamente a premissa da numerologia. A numerologia foi desvendada pelo filosofo Pitágoras, o mesmo que ficou conhecido por ter descoberto o teorema da geometria em que, em um triângulo retângulo, a soma dos quadrados dos dois lados adjacentes será igual ao quadrado de sua hipotenusa. Porém, muitos de nós não conhecem o outro lado de Pitágoras.

Segundo o site askastrologer.com, Pitágoras, nascido em 570 a.C, em Samos, era um astrólogo, numerólogo, músico e um guru espiritual. Ele foi capaz de se comunicar com os Siddhas (almas iluminadas) e voltou aos seus nascimentos passados ​​e visualizou suas 99 mil vidas passadas seguidas. Ele foi capaz de prever terremotos e acalmar as ondas dos mares e rios enquanto viajava. Ele curou várias pessoas com sua música, tocando lira. Depois de obter a iluminação, ele começou sua própria escola, onde costumava ensinar numerologia e filosofia. Ao iniciar seus alunos, ele costumava dar um mantra secreto (som sagrado) aos seus discípulos.

Pitágoras acreditava que todo planeta tinha um som peculiar próprio. Ele representou esse som usando números. Ele percebeu que os números podem ser classificados como tendo qualidades masculinas ou femininas, natureza introvertida ou extrovertida, números de sorte, números bonitos ou feios, etc. Ele também mencionou que alguns números carregam dívidas kármicas – resultados de más ações feitas em partos anteriores, baseado nas vidas atuais das pessoas. Platão seguiu a filosofia de Pitágoras.

Pitágoras atribuiu um número particular a cada alfabeto do modo natural de 1 a 9. Além de 1 a 9 dígitos, ele considera 11 e 22 como números principais. 11 e 22 representam a força do karma (ações passadas) que leva a pessoa ao sucesso ou fracasso nesta vida. Além disso, cada número terá qualidades positivas e negativas. Por exemplo, a lista abaixo mostra como os alfabetos são numerados em numerologia pitagórica.

1 – Qualidades positivas: Iniciativa, liderança, individualidade, coragem, capacidade executiva. Qualidades negativas: Egoísmo, preguiça, agressividade.

2 – Qualidades positivas: Cooperação, harmonia, amor, parceria, diplomacia. Qualidades negativas: Mais sensível, falta de tato, timidez, vacilação.

3 – Qualidades positivas: Artístico e criatividade, autoexpressão, imaginação, sociabilidade, alegria. Negativas: Pessimismo, conversas soltas, exagero.

4 – Qualidades positivas: Construtivo, sistemático, praticidade, ordem, construtor, trabalhador. Qualidades negativas: Falta de imaginação, argumentação, extrema seriedade, má saúde.

5 – Qualidades positivas: Liberdade construtiva, sexualidade, versatilidade, conhecimento, entretenimento e diversão. Qualidades negativas: Mutabilidade, descuido, inquietude, nervosismo, jugo de todos os ofícios.

6 – Qualidades positivas: Artista, responsabilidade, amor ao lar e filhos, bem-estar dos outros, altruísmo. Qualidades negativas: Sensibilidade, frieza, nervosismo, ceticismo, devem aprender a ficar sozinhos, não solitários.

7 – Qualidades positivas: Espiritualidade, ocultismo, análise, pesquisa científica, sabedoria. Negativas: Egoísmo, preguiça, agressividade.

8 – Qualidades positivas: Capacidade executiva, organização, autoridade, julgamento, administração. Qualidades negativas: Impaciência, falta de humanitarismo, muito materialismo.

9 – Qualidades positivas: Natureza filantrópica, humanitarismo, simpatia, abnegação, vida divina, generosa. Qualidades negativas: Temperamental e impulsivo, egoísmo, negligência em questões de dinheiro, inclinação para uma vida de excessos.

11 – Qualidades positivas: Intuição, iluminação, inspiração, espiritualidade, habilidade profética. Qualidades negativas: Demasiada sensibilidade, tensão nervosa, impraticabilidade, deve aprender a conviver com o público.

12 – Qualidades positivas: Materialismo, mestre espiritual, prático, iluminação. Qualidades negativas: Conflito entre sentimentos interiores e praticidade, atração pela magia negra.

De acordo com Pitágoras, todo o destino de uma pessoa seria decidido principalmente pelos números envolvidos em sua data de nascimento e nome.

A partir disso, são definidos vários outros números-chave relacionados à missão, alma, personalidade, entre outros.

Para mim, além de fazer sentido, pude, por meio do conhecimento, enxergar meus desafios e atestar uma tranquilidade de que tudo vai dar certo.

Tente também.

Últimas notícias