*

A protagonista do seriado americano “How to get away with a murder”, Viola Davis, anunciou nesta semana ser uma das defensoras da ONG que luta contra a cultura do estupro “The Rape Foundation”. Vítima de assédio na infância, Davis disse que suas próprias experiências a levaram a tomar uma decisão que buscava auxiliar outras mulheres.

“Eu, minha mãe, minhas irmãs, minha amiga de infância Rebecca, todas tempos uma coisa em comum: somos sobreviventes de assédio sexual de alguma forma”, afirmou a atriz em anúncio. “The Rape Foundation” auxilia vítimas de estupro e assédio com aconselhamento legal, tratamento médico e psicológico nos Estados Unidos.

Davis compartilhou ainda o caso de sua irmã, que sofreu abuso sexual aos oito anos e até hoje não conseguiu superar o trauma. “Eu continuo a orar por minha irmã”, finalizou.



COMENTE

 
feminismo