*
 

O governo turco anunciou nesta segunda-feira (3/10) a ampliação do estado de emergência no país por mais três meses. Com isso, o regime manterá poderes emergenciais para enfrentar ameaças de terrorismo, após um fracassado golpe de estado no país em 15 de julho.

A extensão por 90 dias entra em vigor em 19 de outubro, disse o vice-premiê Numan Kurtulmus após reunião regular do gabinete nesta segunda-feira. O governo irá usar os poderes emergenciais para combater todo tipo de terrorismo, afirmou a autoridade.

O estado de emergência começou a vigorar em 21 de julho, seis dias após facções das Forças Armadas tentarem derrubar o presidente Recep Tayyip Erdogan e seu governo. A expansão dos poderes permitiu que os líderes turcos governem por decreto, fechando meios de comunicação e lançando uma ofensiva contra mais de 100 mil pessoas supostamente envolvidas na tentativa de golpe.

 

 

COMENTE

Terrorismoturquiaestado de emergência
comunicar erro à redação