*
 

Exposição e performance da Anti Status Quo Companhia de Dança (DF) inauguram nesta sexta (19/3), às 21h, na Galeria Athos Bulcão (Via N2, ao lado do Teatro Nacional) a quarta edição da Mostra de Dança XYZ.

O evento idealizado pelo produtor cultural Marconi Valadares tem uma proposta parecida com o Festival Internacional da Novadança — que, coincidentemente, também ocorre nesse período — de unir atividades formativas e apresentações abertas ao público.

Até o próximo dia 28, espetáculos serão apresentados na Galeria Athos Bulcão — todos com entrada franca — e bailarinos e performers farão intervenções em espaços públicos da cidade. Ao mesmo tempo, serão realizados workshops e seminário dirigidos aos próprios artistas.

Entre as atrações anunciadas estão “3 Solos em 1 Tempo”, de Denise Stutz (RJ), no sábado (20/3); “Ao Caírem as Abas”, de Aline Brasil e Anna Behatriz Azevêdo (GO), na sexta (27/2) e “Mono”, de Marcelo Evelin (PI), no sábado (28/2). Todos começando às 21h.

Uma obra em dois modos
A exposição “De Carne e Concreto — Uma Instalação Coreográfica” (foto no alto), da Anti Status Quo” é parte de uma obra que tem duas maneiras de se apresentar ao público: a exposição, com a presença virtual dos bailarinos, e o espetáculo, com a presença física dos dançarinos.

A exposição poderá ser vista hoje à noite, durante a inauguração, e de segunda (22/3) a quinta (25/3), das 9h às 20h. O espetáculo será apresentado no encerramento da mostra, no dia 28/2, às 20h, também na Galeria Athos Bulcão.

Além da inauguração da exposição e do evento, na noite desta sexta será lançado o site interativo do projeto, seguido de uma performance pelos bailarinos da companhia Anti Status Quo. No site, será possível fazer uma visita virtual à exposição “De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica” e participar de debate sobre a criação da companhia brasiliense.

Mais informações e atividades formativas podem ser obtidas no site da 4ª Mostra de Dança XYZ.

 

 

 

COMENTE

Dançaperformanceentrada francaMostra de Dança XYZ.anti status quo
comunicar erro à redação