*
 

Ainda que seja visto por muitos especialistas como um braço da literatura, o Prêmio Jabuti insiste em manter as histórias de quadrinhos fora da premiação. Por conta disso, o quadrinista Wagner Willian lançou um abaixo-assinado pedindo a inclusão do gênero na disputa.

Dos 2,5 mil apoiadores esperados, mais de 1,5 mil já assinaram o documento. Entre os artistas que manifestaram apoio, estão Laerte, Rafael Coutinho, Eloar Guazzelli e os irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá.

De acordo com o abaixo-assinado, publicado no site change.org, “as obras em quadrinhos já satisfazem a regra do Prêmio Jabuti do que define um livro, conforme o regulamento geral da premiação: “considera-se livro obra intelectual impressa e publicada, com ISBN e ficha catalográfica, impressos no livro”.”

O Jabuti existe desde 1958 e é o mais tradicional prêmio de livros do país até os dias de hoje. Entre as condecorações cedidas, estão romance, poesia, adaptação literária, tradução, projeto gráfico e ilustração.

De acordo com a nota oficial, assinada pelo presidente da premiação Luís Antonio Torelli, o pedido será recebido “com muito carinho” e encaminhado “para a curadoria do prêmio”.

 

 

COMENTE

quadrinhosprêmio jabutiabaixo-assinadoChange.org
comunicar erro à redação