*
 

O vídeo de uma briga no campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB) mostra pelo menos cinco jovens envolvidos no confronto. As imagens foram compartilhadas em grupos de estudantes da instituição e trazem cenas de grande violência.

Reprodução/FacebookSegundo comentários de estudantes que teriam presenciado o momento, a briga ocorreu nesta terça-feira (7/6), depois que um aluno hasteou uma bandeira da Casa Imperial do Brasil no andar superior do Instituto de Ciências Centrais — o Minhocão. O ato seria em apoio à monarquia. Então, ele e universitários que seriam contrário à manifestação entraram em confronto.

Em comentários nas redes sociais, estudantes têm criticado a atitude do grupo. Em nota, a UnB afirmou que a administração superior da Universidade apura o caso. Afirmou ainda que os estudantes que teriam sido agredidos já foram recebidos pelo Decanato de Assuntos Comunitários recebeu e orientados a formalizar registro na Ouvidoria da instituição.

Por fim, a UnB afirmou que “repudia qualquer ato de violência e restrição
à livre manifestação de pensamento”.

No mesmo local, cerca de 40 alunos se manifestavam contra a paralisação de estudantes na universidade. “Eles falam que é contra a precarização do ensino, mas temos certeza que é a favor do governo Dilma”, comentou Osmar Bernardes, um dos coordenadores do ato.

Ele fez questão de ressaltar que o grupo não apoia à monarquia e que o jovem estava sozinho. “Foi um ato isolado. Mas a gente repudia qualquer tipo de violência. Todo mundo tem direito de apoiar o que quiser”, opinou.

Osmar relata que o Movimento Reação Universitária também foi vítima de agressões nesta tarde. “Jogaram tinta na gente e arrancaram cartazes de nossas mãos”, afirmou Osmar.

 

 

 

COMENTE

universidade de brasília
comunicar erro à redação