*
 

Um homem e uma mulher assaltaram uma joalheria na tarde desta quinta-feira (25/5), no shopping Gilberto Salomão, na QI 5 do Lago Sul. De acordo com a Polícia Militar, a dupla utilizou uma arma de fogo para render uma funcionária da loja e levou joias. O valor do prejuízo ainda não foi calculado, e os suspeitos conseguiram fugir.

Ainda segundo a corporação, o casal entrou na loja e já anunciou o assalto. Eles usaram cabos de computador para amarrar a funcionária. Toda a ação durou cerca de 20 minutos e foi filmada apenas pelas câmeras externas do shopping, que mostram a entrada e a saída da dupla.

Veja os vídeos:

Uma atendente de loja vizinha, que preferiu não se identificar, afirma que o casal não chamou atenção. “Ficaram em frente e não notei nada de anormal, só percebi quando a vendedora da joalheria bateu no vidro. Ela estava amordaçada e eu ajudei”, explica.

O proprietário da joalheria, Antônio Bernardo, está em São Paulo a trabalho e teve de antecipar a volta à capital por conta do assalto. De acordo com o empresário, a funcionária que foi rendida pelos acusados ficou “em estado de choque”.

“Eles também levaram o celular (da vítima), e ela teve que pedir ajuda em uma loja vizinha para me avisar. Ainda não tenho muitos detalhes nem sei o valor do prejuízo porque ela não estava em condições de me contar”, explica.

Bernardo afirma que, desde sua abertura, em 2009, a loja nunca havia sido assaltada. No entanto, ele reclama da falta de segurança no shopping. “Os seguranças de lá não ficam armados, mas os bandidos estão. No ano passado, uma outra joalheria foi assaltada e até o próprio escritório da administração também. A sensação que fica é a de que o Gilberto Salomão não se responsabiliza pela nossa segurança”, finaliza.

Em novembro do ano passado, dois homens armados também assaltaram uma joalheria no shopping, em plena luz do dia. Os suspeitos renderam os três funcionários que estavam na loja e levaram cerca de R$ 100 mil em semijoias.

A PM só foi acionada após a fuga dos suspeitos. O caso será investigado pela 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul). (Com informações da PMDF)

 

 

COMENTE

Lago Sulassaltopolícia militargilberto salomãojoalheria10ª DP
comunicar erro à redação