*
 

Após mais de 40 anos de atividades no mesmo local, a Associação Recreativa Unidos do Cruzeiro (Aruc) finalmente conseguiu regularizar o imóvel que ocupa. Foram décadas de insegurança jurídica, findadas pela assinatura do termo de cessão de uso do espaço, na manhã desta sexta-feira (13/1), no Palácio do Buriti.

A assinatura ocorre três meses após virar lei a permissão para ceder o uso de bens públicos imóveis a órgãos e entidades. A ideia é que a legislação reforce o acesso à cultura e a espaços de lazer dos moradores do Cruzeiro. O governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg sancionou a norma em outubro do ano passado.

“É uma felicidade muito grande viver este momento como governador, de dar tranquilidade e segurança jurídica para que a Aruc continue a desenvolver suas atividades esportivas, culturais e sociais”, disse Rollemberg.

Por parte do governo, também firmou o documento a secretária do Esporte, Turismo e Lazer, Leila Barros, que destacou a longa espera da associação e os esforços para assegurar a regularização. “Foi uma força-tarefa, uma vontade política para acabar com uma espera de mais de 20 anos. Agora, a Aruc pode desenvolver suas atividades de forma segura.”

A sede da associação fica na Área Especial nº 8 do Cruzeiro Velho desde 1974. Em 1994, a Aruc venceu o contrato de concessão de uso e, desde então, ocupava o espaço de maneira irregular. “Temos 31 títulos do carnaval do DF, oito deles seguidos. Hoje, porém, conseguimos nossa maior vitória, pois teremos segurança jurídica para fechar parcerias e revitalizar a área”, disse o presidente da Aruc, Moacyr de Oliveira Filho, que assinou o termo pela escola de samba.

 

 

COMENTE

arucCarnaval
comunicar erro à redação