Homem é preso no Mané Garrincha ao ameaçar de morte ex-mulher

Em frente aos policiais, ele disse que esfaquearia a ex-companheira porque ela não permitiu ao filho ir ao estádio

Daniel Ferreira/MetrópolesDaniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 25/05/2019 19:19

Antes do início da partida entre Botafogo x Palmeiras, no início da tarde deste sábado (25/05/2019), um homem foi preso, na porta do Estádio Mané Garrincha, ao ameaçar a ex-companheira. Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o torcedor passou em frente aos policiais que monitoravam a fila de entrada para o estádio e gritou três vezes as ameaças.

“Vocês vão me ver na televisão, eu vou matar a minha ex-mulher com 15 facadas porque ela não deixou eu trazer meu filho para a partida”, disse o torcedor. Após as ameças, o homem foi detido pela PM. Ao levantar a documentação dele, a polícia descobriu, então, que já havia uma medida protetiva contra ele. Com isso, o ex-marido foi levado à delegacia e a ex-mulher registrou mais um boletim de ocorrência devido às novas ameças.

Neste 2019, o Metrópoles inicia um projeto editorial para dar visibilidade às tragédias provocadas pela violência de gênero. As histórias de todas as vítimas de feminicídio do Distrito Federal serão contadas em perfis escritos por profissionais do sexo feminino (jornalistas, fotógrafas, artistas gráficas e cinegrafistas), com o propósito de aproximar as pessoas da trajetória de vida dessas mulheres.

O Elas por Elas propõe manter em pauta, durante todo o ano, o tema da violência contra a mulher para alertar a população e as autoridades sobre as graves consequências da cultura do machismo que persiste no país.

Desde 1° de janeiro, um contador está em destaque na capa do portal para monitorar e ressaltar os casos de Maria da Penha registrados no DF. Mas nossa maior energia será despendida para humanizar as estatísticas frias, que dão uma dimensão da gravidade do problema, porém não alcançam o poder da empatia, o único capaz de interromper a indiferença diante dos pedidos de socorro de tantas brasileiras.

Últimas notícias