Quarto de hotel mais caro dos EUA tem diária de US$ 75 mil. Veja fotos

Localizado em Nova York, o hotel The Mark possui 5 quartos, 4 lareiras, 6 banheiros, 2 bares, além de cozinha, living e sala de jantar

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 19/10/2018 20:29

Com um preço de US$ 75 mil a diária, cerca de R$ 280 mil, o The Mark Hotel agora tem a suíte mais cara dos Estados Unidos. O endereço localizado no Upper East Side, em Nova York, abre as portas de sua suite pela primeira vez ao público após uma longa reforma.

Construído em 1927, o hotel integra o grupo de hotelaria Preferred Hotels & Resorts. Sua fachada não foi modificada, mas toda a estrutura interna do edifício foi substituída. Queridinho das celebridades, o hotel é conhecido como o ponto de encontro na data do baile de gala do Metropolitan Museum of Art.

“Antes de a pintura secar na reforma, tínhamos alguém interessado em alugá-la como um apartamento, por isso nunca foi divulgada nem mesmo no nosso site”, diz Olivier Lordonnois, gerente geral do Mark Hotel. “Nós então reservamos o apartamento para uma família por 16 meses, e agora está finalmente pronta para os hóspedes.”

Considerada a maior suíte de cobertura nos EUA, com mais de 12.000 pés quadrados, incluindo um terraço de 2.500 pés quadrados com vistas para o Central Park e o MET, o imóvel ocupa o 16º e o 17º andar.  “Nossos hóspedes neste espaço são chefes de Estado, empresários muito ricos e celebridades”, explica Olivier.

Projetada pelo lendário designer francês Jacques Grange, a penthouse é decorada com o estilo de uma residência sofisticada, com toques de luxo contemporâneo e muito conforto. Ao todo são cinco quartos, quatro lareiras, seis banheiros, dois bares, uma cozinha de chef projetada por Piero Lissoni, sala de jantar com espaço para até 24 pessoas, uma sala de estar que pode ser transformada em um grande salão de baile e um terraço de cerca de 230 metros quadrados.

 

Últimas notícias