metropoles.com

Mulher descobre tumor no cérebro após falhar em postura de yoga

Professora da prática desconfiou que havia algo de errado com sua saúde ao não conseguir mais se equilibrar em uma perna

atualizado

Compartilhar notícia

IStock
Yoga woman on the beach during sunset.
1 de 1 Yoga woman on the beach during sunset. - Foto: IStock

A canadense Daphnee Paquin-Katma, de 38 anos, atribuiu a salvação de sua vida às sessões de yoga. A mulher, que é professora da prática, começou a estranhar o fato de estar perdendo o equilíbrio em uma posição que lhe era cômoda e habitual.

A postura que ela não conseguia mais fazer se chama Vrikshasana ou postura da árvore e consiste em se manter de pé em uma perna só. Com o alerta ligado, Daphnee também notou piora na audição e passou a ter algumas dificuldades para andar.

Ao investigar os sintomas, a equipe médica que a atendeu descobriu um tumor de 3,8 cm no cérebro da paciente. Para a felicidade dela, o caroço não era maligno.

O diagnóstico de Daphnee foi de neuroma acústico, uma neoplasia que cresce no nervo vestibulococlear, localizado no cérebro. Mesmo não sendo canceroso, esse tipo de tumor pode ser fatal se não for tratado. A função desse nervo é ligada às capacidades de audição e equilíbrio.

Em casos extremos, um tumor como a da professora pode causar um acúmulo de fluídos no cérebro ou comprimir o cerebelo e o tronco cerebral. Daphnee passou por uma cirurgia de 12 horas para retirar o tumor.

A canadense conta que, logo depois da cirurgia, perdeu temporariamente sua capacidade de locomoção e de audição. Mas, hoje, três anos depois do procedimento, está voltando a dar aulas da prática.

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?