Ficar mais de 5 minutos sentado no vaso faz mal à saúde, diz médica

Especialista explica que passar muito tempo sentado durante a evacuação pode desencadear em inflamação das veias do reto

atualizado 17/08/2022 22:37

Foto colorida e ilustrativa de pessoa fazendo cocôUnsplash/Reprodução

Ficar sentado por um longo período no vaso sanitário pode ser um momento de relaxamento, seja para ler as notícias do dia, ver vídeos na internet ou enviar mensagens. Porém, especialistas alertam que esse hábito pode ser prejudicial à saúde e causar hemorroidas.

“Quando você senta no vaso sanitário, seu ânus fica posicionado em um nível diferente em relação ao resto da metade inferior do seu corpo. Isso gera maior pressão nas veias da parte de baixo do reto, o que pode, eventualmente, levar ao surgimento de hemorroidas e resultar em sangramentos”, explica a médica Stephanie Taylor, especialista em saúde e bem-estar, ao The Sun.

O surgimento de hemorroidas também está relacionado ao excesso de esforço durante a evacuação, mas médicos explicam que ficar no celular durante o momento de defecar tem sido um grande contribuinte para o aumento dos casos e da gravidade da condição. De acordo com um estudo, o momento da evacuação deve demorar no máximo cinco minutos — se nada acontece nesse período, é necessário levantar e tentar novamente em outro momento.

Na maioria das vezes, a inflamação nas veias é curada com o passar do tempo. Mas, se ela se desenvolve em uma infecção ou acomete muitos canais sanguíneos, pode ser necessária uma intervenção profissional para tratar o caso.

As hemorroidas ocorrem devido à inflamação das veias dentro do ânus, formando caroços que geram coceiras, incômodos e, em alguns casos, muita dor. Elas tendem a atingir pessoas que não praticam exercícios físicos ou que levantam pesos de carga elevada, bem como mulheres grávidas e indivíduos constipados. No entanto, casos relacionados ao esforço ou ao tempo gasto com a evacuação são frequentes.

A especialista acrescenta que a pressão nos vasos sanguíneos pode resultar também em fissuras anais, ou seja, pequenos rasgos no intestino grosso perto do ânus, causando muita coceira, dor e sangramento. Em casos graves, é possível que o quadro se agrave e se transforme em prolapso retal, quando a mucosa do reto fica exposta e impossibilita o controle das fezes, resultando em escapes indesejados.

Sintomas de hemorroidas

  • Caroços na região do reto
  • Dor ao evacuar
  • Pus na área do ânus
  • Vontade de defecar mesmo depois de usar o banheiro
  • Sangramentos durante ou após a evacuação
  • Coceira próxima ao ânus

A prevenção das hemorroidas pode ser feita com a ingestão adequada de alimentos ricos em fibras e de água, e o tratamento é feito com pomadas encontradas em farmácias. A inflamação tende a melhorar em torno de uma semana e, caso persista, um médico deverá ser consultado para prescrever medicamentos específicos e direcionar o tratamento.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias