metropoles.com

Deputados aprovam incluir direito ao aborto na Constituição da França

O aborto foi descriminalizado na França em 1975. A nova proposta deve passar pelo Senado e pelos franceses

atualizado

Compartilhar notícia

Kevin Dietsch/Getty Images
Manifestantes protestam contra e a favor do aborto em frente a Suprema Corte dos Estados Unidos, após vazamento de documento que indicaria revogação do direito no país. Na foto, mulheres com cartazes a favor do aborto se manifestam - Metrópoles
1 de 1 Manifestantes protestam contra e a favor do aborto em frente a Suprema Corte dos Estados Unidos, após vazamento de documento que indicaria revogação do direito no país. Na foto, mulheres com cartazes a favor do aborto se manifestam - Metrópoles - Foto: Kevin Dietsch/Getty Images

Por 337 votos favoráveis e 32 contrários, os deputados da Assembleia Nacional da França aprovaram, nesta quinta-feira (24/11), a inclusão do direito ao aborto na Constituição.

Para entrar em vigor, o projeto de lei precisa também ser aprovado pelo Senado e pelos franceses.

O resultado da votação foi celebrado pela relatora do texto, a deputada Mathilde Panot. “Hoje, a França fala ao mundo”, disse. A parlamentar pede para que o governo francês apresente proposta para agilizar o processo de vigência.

Votação

A maioria dos deputados foi favorável a modificar a Carta Magna de 1958, incluindo à lei “a efetividade e a igualdade de acesso ao direito à interrupção voluntária da gravidez”.

A prática do aborto não é configurada como crime na França desde 1975, após aprovação de lei promovida pela política e símbolo feminista Simone Veil. A descriminalização do ato foi estendida para até 14 semanas de gestação em março deste ano.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações