Polícia mata homem que tentou invadir sede do FBI nos EUA

Autoridades investigam a motivação do ataque, mas suspeita inicial é de que invasor tenha relação com grupos de extrema direita

atualizado 11/08/2022 22:17

Divulgação

Policiais atiraram e mataram um homem armado que tentou invadir o escritório do FBI, em Cincinnati, nesta quinta-feira (11/8), nos Estados Unidos.

Autoridades investigam a motivação do ataque, mas suspeita inicial é de que o invasor tenha relação com grupos de extrema direita, segundo o The New York Times. Um desses grupos, inclusive, participou da invasão ao Capitólio, em janeiro do ano passado, após a derrota de Donald Trump nas eleições.

O suspeito teria publicado em suas redes sociais uma mensagem ameaçando matar funcionários do FBI poucos dias antes da operação que levou agentes a revistarem o resort onde vive o ex-presidente.

No momento do ataque, o homem usava um colete à prova de balas. Ele forçou a entrada na instalação de triagem de visitantes na sede da polícia federal dos EUA por volta de 9h (horário local).

De acordo com o porta-voz do órgão, Todd Lindgren, um alarme foi acionado e o suspeito fugiu.

A partir daí deu-se início a uma perseguição que durou cerca de 1 hora e houve troca de tiros. Segundo as autoridades, os policiais tentaram negociar a rendição, mas o suspeito resistiu e acabou sendo baleado. Nenhum agente se feriu durante a ação.

Mais lidas
Últimas notícias