Repórter da Globo faz desabafo sobre racismo: “Nunca será normal”

"Mais uma vez fui 'questionado', no credenciamento de um jogo, se eu era câmera ou auxiliar", contou Luiz Teixeira

atualizado 24/08/2021 19:53

Luiz Teixeira repórterReprodução/Twitter

O repórter da Globo e do SporTV, Luiz Teixeira usou o Twitter para relatar um caso de racismo sofrido por ele e fazer um desabafo. “Pra mim NUNCA será normal”, disse.

Luiz contou que, durante o credenciamento de um jogo, acharam que ele era câmera ou auxiliar de câmera. “Mais uma vez fui ‘questionado’, no credenciamento de um jogo, se eu era câmera ou auxiliar, mesmo sendo o único repórter de campo e com a roupa da transmissão”, escreveu.

“Todas as funções são essenciais e importantes para uma transmissão de TV acontecer. TODAS! Mas ser sempre o ‘confundido’ gera um desgasta grande e pra mim NUNCA será normal, principalmente por saber o real motivo do ‘deslize’ e por ver que o ‘procedimento padrão’ só serve pra um”, indagou.

“Minha esposa sabe o quanto eu luto contra coisas assim e quantas vezes eu cheguei em casa relatando a MESMA história. Seguimos firmes e fortes e não deixaremos nada e nem ninguém impedir nossos avanços”, conclui o repórter.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias