Os desafios de Domènec Torrent no Flamengo e de Jorge Jesus no Benfica

Os treinadores serão apresentados nos seus respectivos clubes quase no mesmo horário, nesta segunda (3/8)

atualizado 03/08/2020 9:04

Torrent e Jesus FlamengoIra L. Black/Corbis via Getty Images e Buda Mendes/Getty Images

Os novos treinadores de Flamengo e Benfica, Domènec Torrent e Jorge Jesus (ex-comandante do Rubro-Negro), respectivamente, serão apresentados quase no mesmo horário nesta segunda-feira (3/8). O espanhol dá entrevista coletiva virtual às 12h30, enquanto o português volta oficialmente ao Águias às 13h, horário de Brasília.

Logo após falar pela primeira vez como técnico do Flamengo, Torrent já irá comandar seu primeiro treino à frente do elenco rubro-negro. Jesus, por sua vez, terá de esperar para começar os trabalhos dentro de campo com os jogadores do Benfica, pois todo o plantel português acaba de entrar de férias, após o encerramento da temporada no país.

Jorge Jesus, portanto, terá mais dias de preparo com o time antes de seu compromisso oficial do que o espanhol no Flamengo. O próximo jogo do Benfica está marcado para 12 de setembro, que marca o início da temporada 2020/21 em Portugal, enquanto Domènec terá menos de uma semana com o grupo carioca até a sua estreia. O Flamengo inicia a caminhada no Brasileirão no próximo domingo (9/8), contra o Atlético-MG, no Maracanã.

Situações diferentes

Jorge Jesus deixou o Flamengo para voltar para casa, para o clube no qual ele fez história e passou seis temporadas de sua carreira. Agora, ele terá pela frente uma equipe que, na temporada passada, venceu a Supertaça, foi vice-campeã da Liga Portuguesa e da Taça de Portugal, ficou na fase de grupos da Liga dos Campeões e, na Liga Europa não chegou nem às oitavas de final.

Será um desafio e tanto para o português que saiu da posição de estar no que muitos consideram, o melhor e mais regular time de um país, no caso o Brasil. A torcida do Benfica está com o gosto amargo de ter visto dois títulos escaparem para o maior rival, o Porto, e querem ver o time alçando voos mais altos nas competições continentais.

 

A campanha de Jorge Jesus no Flamengo, em 2019 e começo de 2020, está diretamente ligada a o que espera seu sucessor no cargo de treinador da equipe carioca. Domènec Torrent terá de saber administrar um elenco repleto de bons nomes para todas as posições e, ainda, tentar atender às expectativas de uma torcida que viu o time vencer o Campeonato Carioca, o Brasileirão, a Libertadores e a disputar a final do Mundial de Clubes, tudo isso no mesmo ano.

Jesus costumava dizer, inspirado nas palavras do atacante Bruno Henrique, que o Flamengo estava em outro patamar. Pois então, a torcida e a diretoria do clube estão ambiciosos, querendo chegar em um patamar ainda mais alto do que o alcançado pelo português. Do banco de reservas, Domènec terá de mostrar muita vontade de ganhar tudo que puder em 2020. O bicampeonato do Brasileirão e da Libertadores, Copa do Brasil e Mundial de Clubes, caso a competição realmente aconteça este ano, estão na lista de objetivo da Nação Rubro-Negra.

Vídeos
Últimas notícias