Ainda sem treinador, Atlético-MG pede paciência à torcida

Time ficou sem técnico após saída de Cuca e pediu calma a seus torcedores até a escolha do novo técnico

atualizado 01/01/2022 10:07

Time e torcida do Atlético-MG comemoram o título do Campeonato BrasileiroPedro Souza/Atletico

A diretoria do Atlético-MG continua em busca de um substituto para o técnico Cuca, que pediu demissão no início desta semana. O português Jorge Jesus, ex-Flamengo e que deixou o Benfica nesta semana, é o principal alvo e conversas entre as partes já aconteceram. No entanto, um pouco de calma foi pedida ao torcedor em uma mensagem de ano novo divulgada nessa sexta-feira (31/12) no site oficial do clube.

“Para o cargo de treinador, queremos um nome que compartilhe dessas diretrizes e que, necessariamente, entenda a grandeza da nossa camisa. Sabemos que você, torcedor, está ansioso por novidades. E elas chegarão: mas a seu tempo e modo”, escreveu o Atlético-MG.

“Para isso, Massa, estamos em busca de um novo técnico que esteja à altura de nossas conquistas recentes; do nosso elenco vitorioso; do time de profissionais que construímos; das nossas ambições; e do nosso projeto de Clube, que passa pela construção do mais moderno estádio do Brasil: a Arena MRV – diz mensagem do Galo de fim de ano”, completou o clube alvinegro.

O principal nome cotado para assumir o Atlético-MG após o pedido de demissão de Cuca é Jorge Jesus. O português foi demitido do Benfica no mesmo dia em que o brasileiro saiu do time mineiro. A diretoria já se reuniu por duas vezes com o treinador e aguarda a virada de ano para retomar as negociações.

Jorge Jesus comandou o Flamengo em 2019 e fez uma campanha história no Brasileirão, além da conquista da Copa Libertadores. Nesta sexta-feira, a imprensa da Turquia afirmou que o nome do treinador ganhou força para assumir o Fenerbahçe.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias