Ex-diretor do Fantástico, da Globo, morre vítima de coronavírus

José-Itamar de Freitas dirigiu a atração televisiva entre 1977 e 1991. Ele estava internado em um hospital do Rio de Janeiro

atualizado 05/07/2020 21:06

Vítima de Covid-19TV Globo/Reprodução

Morreu, aos 85 anos, o ex-diretor do programa Fantástico, da Rede Globo, José-Itamar de Freitas (foto em destaque).

O jornalista estava internado em um hospital do Rio de Janeiro desde maio deste ano com Covid-19. Ele não resistiu e morreu na quarta-feira (1/7).

José-Itamar assumiu a direção do programa ainda em 1977 e trabalhou na atração até 1991. Foi o responsável por lançar nomes como William Bonner para trabalhar no Fantástico.

Outra repórter que trabalhou diretamente com o diretor foi Glória Maria. Ela fez questão de reforçar a importância do profissional da edição do Fantástico deste domingo (5/7).

“Vai continuar vivo enquanto o Fantástico existir. Sempre vai ter um pedacinho dele em nós”, disse a jornalista.

Cid Moreira foi âncora do programa enquanto Itamar o dirigia. Ele relembrou a qualidade dos textos escritos pelo jornalista. “Ah, os encerramentos, eram fantásticos”, brincou.

 

 

 

Últimas notícias