Justin Bieber vende catálogo musical por valor bilionário: confira

Cantor Canadense, Justin Bieber vendeu todos os hits lançados antes do dia 31 de dezembro de 2022. Ao todo, foram 290 títulos

atualizado 24/01/2023 17:27

Reprodução

Justin Bieber vendeu o seu catálogo de músicas por US$ 250 milhões (mais de R$ 1 bilhão). O acordo inclui todas as obras lançadas pelo cantor canadense antes do dia 31 de dezembro de 2022. A empresa responsável pela compra foi a Hipgnosis Songs Capital. Esse foi o maior negócio de um artista dessa geração.

A informação, que foi publicada pela revista Billboard, acrescenta, ainda, que os royalties artísticos de suas principais gravações, além dos direitos conexos, agora pertencem à empresa. Entretanto, de acordo com a Variety, apesar da venda, as canções de Bieber continuarão sendo administradas pela Universal Music, gravadora do artista.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

“O impacto de Justin Bieber na cultura global nos últimos 14 anos foi realmente notável. Esta aquisição está entre os maiores negócios já feitos para um artista com menos de 70 anos, tal é o poder deste catálogo incrível que tem quase 82 milhões de ouvintes mensais e mais de 30 bilhões de streams apenas no Spotify”, pontuou Merck Mercuriadis, dono da Hipgnosis, em comunicado. ”

A empresa britânica, que investe em IP musical e na gestão de músicas, também comprou catálogos de outros artistas. Em 2021, obteve o de Justin Timberlake por US$ 100 milhões (R$ 514 milhões) e arrematou 50% do de Neil Young por US$ 150 milhões (R$ 772 milhões).

Mais lidas
Últimas notícias