Vídeo: briga entre grupos de mulheres acaba com três esfaqueadas no DF

A confusão ocorreu na noite desse domingo (23), após duas adolescentes se encontrarem em uma rua, na Cidade Estrutural, e se estranharem

atualizado 24/01/2022 21:42

Mulheres brigando em pista de asfaltoReprodução/Vídeo

Uma briga entre dois grupos de mulheres acabou com três esfaqueadas, no início da noite desse domingo (23/1), na Cidade Estrutural, próximo ao restaurante comunitário.

De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), a confusão começou quando duas adolescentes se encontraram na rua e se estranharam. As jovens, de 14 e 15 anos, já se conheciam por terem estudado na mesma escola.

0

Conforme a polícia, após uma delas fazer um gesto obsceno com o dedo, as duas entraram em luta corporal. Depois da briga, a menina de 14 anos voltou para casa machucada e chamou as irmãs para retornarem ao local da confusão. A mãe dela também foi, logo em seguida.

“Uma das adolescentes saiu para fazer uma compra e acabou olhando atravessado para a outra jovem que estava na rua. Esta não gostou e acabou retrucando com um gesto obsceno, o que motivou a briga entre as duas. A garota lesionada foi até a sua residência e levou a mãe e as irmãs”, explica a delegada Jane Klébia, chefe da 8ª Delegacia de Polícia (Estrutural).

Quando a mais nova voltou ao local com mãe e irmãs, uma mulher de 33 anos, mãe da outra adolescente, de 15, estava com uma faca e desferiu golpes contra elas. Os dois grupos se agrediram e acabaram feridas por faca duas irmãs, de 19 e 24 anos, e a mãe delas, de 52 anos.

Câmeras do comércio flagraram a confusão. Veja:

 

“Todas entraram em luta corporal e três delas foram esfaqueadas. Uma das lesões foi da mãe, que tentando proteger a filha acabou sendo lesionada no braço. Uma das jovens teve lesão grave e precisou ser hospitalizada e internada”, narra a delegada.

Conforme a PCDF, todos os envolvidos responderão por lesão corporal e por vias de fato. “E a que praticou o esfaqueamento responderá por duas tentativas de homicídio. A polícia já tem toda a história esclarecida e a motivação foi esse desentendimento entre as duas adolescentes”, conclui Jane Klébia.

Mais lidas
Últimas notícias