metropoles.com

PCDF desarticula quadrilha que dava golpe em site de vendas OLX

Criminosos compravam diversos eletrônicos na internet e faziam o depósito pela transação em um envelope vazio, enganando os vendedores

atualizado

Compartilhar notícia

Rafaela Felicciano/Metrópoles
Operação Fraude na OLX – PCDF
1 de 1 Operação Fraude na OLX – PCDF - Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

A Polícia Civil do Distrito Federal desarticulou nesta quinta-feira (6/7) uma quadrilha especializada em dar golpes em clientes do site de compras OLX. Ao menos 70 pessoas do DF e outros estados foram vítimas dos criminosos. O prejuízo preliminar contabilizado pelos investigadores chega a R$ 60 mil. A história foi dada em primeira mão pelo Metrópoles.

Segundo as investigações, a organização criminosa tinha sua base na região administrativa do Paranoá. Ainda de acordo com a polícia, criminosos compravam diversos eletrônicos na internet e faziam o depósito pela transação em um envelope vazio, apenas para pegar o comprovante do caixa eletrônico.

Com o documento em mãos, eles informavam o pagamento às vítimas e recebiam os produtos. Ainda de acordo com as apurações, os criminosos colocavam endereços de laranjas no momento do cadastro para a entrega. O grupo usava diversos nomes falsos (veja abaixo):

Reprodução

 

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão e seis pessoas (quatro homens e duas mulheres) acabaram presas. Catorze vítimas do grupo já foram ouvidas pela polícia, a maior parte delas em Minas Gerais, São Pulo e no Rio de Janeiro. A operação mobilizou 35 policiais civis.

0

A investigação durou cerca de seis meses, período em que os criminosos foram monitorados e filmados. Eles serão autuados por estelionato e associação criminosa. A quadrilha mirava, principalmente, em produtos eletrônicos de alto valor.

“É muito importante divulgar esse caso pois muitas pessoas foram vítimas e nem mesmo conseguiram registrar ocorrência nos estados onde elas residem”, disse a delegada Bruna Eiras, da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá).

Empresa lamenta
Ao Metrópoles, a OLX explicou que a atividade da empresa consiste na disponibilização de espaço para que usuários possam comprar e vender produtos e serviços de forma rápida e simples. E que toda negociação é realizada fora do ambiente do site ,e por isso, a empresa não tem controle sobre as transações feitas entre os usuários.

“Infelizmente, algumas vezes as ferramentas da Internet são utilizadas por terceiros de má índole. A empresa repudia este tipo de atitude, pois ela vai contra as regras da OLX”, lamentou em nota. Afirmou, ainda, que disponibiliza um botão de denúncia em todos os seus anúncios, possibilitando que qualquer pessoa denuncie eventuais práticas irregulares ou conteúdos indevidos. Nestes casos, consegue deletar o anúncio e banir o usuário da plataforma.

A OLX disse, ainda, que está à disposição das autoridades para colaborar nas investigações.

 

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações