No auge da seca no DF, Bombeiros apagam fogo ao lado de transportadora

Incêndio foi debelado na madrugada desta terça-feira (03/09/2019) na região do Gama e consumiu 1,4 metros quadrados de vegetação

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 03/09/2019 10:35

Em meio à secura, o Corpo de Bombeiros está tendo trabalho para debelar as chamas que consomem parte do cerrado. Na madrugada desta terça-feira (03/09/2019), um incêndio atingiu a vegetação próximo à QI 05 Setor Leste Industrial do Gama. Ao todo, segundo a corporação, 1,4 mil metros quadrados foram consumidos pelo fogo.

Os Bombeiros informam que o incêndio atingiu um lote com mato alto ao lado de uma transportadora. Os militares tiveram de agir rapidamente para que o fogo não chegasse ao imóvel. O 16º Grupamento de Bombeiro Militar do Gama usou quatro viaturas e 20 militares para atender a ocorrência.

Após reforço da equipe, os Bombeiros conseguiram debelar as chamas rapidamente, restando apenas o resfriamento de pontos quentes para evitar uma possível reignição.

Sufoco

Sem chuvas há 91 dias, o Distrito Federal registrou umidade relativa do ar de 13% nessa segunda-feira (02/09/2019), a mais baixa de 2019. O índice foi marcado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) às 14h, no Gama, e levou a capital do país ao chamado estado de alerta, quando o nível figura entre 12% e 20%. Segundo o Inmet, o tempo permanecerá seco e quente pelo menos até sexta-feira (06/09/2019), com umidade variando entre 15% e 20%.

De acordo com o meteorologista Olívio Bahia, os brasilienses vão enfrentar temperaturas elevadas e pouca presença de vapor d’água na atmosfera até meados deste mês, quando as primeiras chuvas devem começar a cair, ainda com pouca força. “Com três meses sem precipitações, o ar fica poluído e aumenta o desconforto humano”, explica o especialista.

 

 

Últimas notícias