Categorias: Distrito Federal

Iphan lança guia sobre acampamentos pioneiros no DF

Em comemoração aos 30 anos de reconhecimento, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), do conjunto urbanístico de Brasília como patrimônio cultural da humanidade, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lança dois documentos que ajudam a recapitular a história da capital federal. O primeiro é um curta-metragem sobre a Vila Planalto. O segundo, um roteiro sobre os acampamentos que abrigaram os pioneiros responsáveis pela construção de Brasília.

As obras também fazem parte das comemorações de 80 anos do Iphan e serão lançadas em cerimônia nesta quinta-feira (12/1). Primeiro, será exibido o documentário em curta-metragem “Nossa história, nosso patrimônio: Vila Planalto”, de José Walter Nunes, professor da Universidade de Brasília (UnB).

Depois, será lançado o “Roteiro dos Acampamentos Pioneiros no Distrito Federal”, elaborado pela superintendência do Iphan no DF. O documento deve trazer informações sobre as construções provisórias, feitas para serem desativadas e desmontadas com a conclusão das obras da cidade, como a Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompeia e a Fazendinha, na Vila Planalto, e o antigo Hospital Juscelino Kubitschek de Oliveira, hoje Museu Vivo da Memória Candanga.

O evento é aberto ao público, totalmente gratuito e sem necessidade de reserva. Está marcado para ocorrer às 13h na sede do Iphan (SEPS 713/913, Bl. D, térreo, Sala Mário de Andrade).

Com a inauguração da capital, boa parte desses espaços foi desconstituída, mas alguns resistiram e deram origem a locais a regiões como Núcleo Bandeirante, Vila Planalto e Vila Metropolitana. De acordo com o Iphan, o documento destaca que “a permanência de muitos remanescentes é resultado da resistência organizada das populações em torno do direito à moradia, o que mostra que a história do Distrito Federal também foi feita a partir da ação dos movimentos populares”.

Após o lançamento, o roteiro também será disponibilizado gratuitamente na internet. Na cerimônia, haverá ainda palestras sobre aspectos históricos, sociais, arquitetônicos e urbanísticos da construção de Brasília, primeiro conjunto urbano do século XX a ser reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco, em 1987.

Da Redação

Últimas notícias

Brasil está melhor que a China no combate ao coronavírus

Não há gente batendo cabeça, brigas entre “autoridades” e medidas desconexas entre si. A abordagem é científica, técnica e objetiva

1 minuto passados

Inmet e Defesa Civil alertam para chuvas e ventos de até 100 km/h

A recomendação é evitar pontos de alagamento e desligar aparelhos elétricos da tomada

7 minutos passados

DF vai convocar novos agentes para o sistema penitenciário

Despacho divulgado no Diário Oficial desta sexta-feira (28/02) atingirá mais de 2 mil concurseiros

10 minutos passados

Vídeo. Pai salva filho de 11 anos soterrado na neve ao esquiar

Quando Gillon Campbell desenterrou a cabeça do menino, gritou por socorro; a criança não sofreu ferimentos

11 minutos passados

Rebeca Abravanel raspa cabeça de Pato e cola rosto em jogador

Em foto publicada por amigos, os dois surgem em clima de romance e de rostinhos juntinhos

12 minutos passados

Rapper Nabrisa anuncia que está grávida

A cantora, porém, não contou quem é o pai da criança

13 minutos passados