Categorias: Distrito Federal

Iphan lança guia sobre acampamentos pioneiros no DF

Compartilhe

Em comemoração aos 30 anos de reconhecimento, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), do conjunto urbanístico de Brasília como patrimônio cultural da humanidade, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lança dois documentos que ajudam a recapitular a história da capital federal. O primeiro é um curta-metragem sobre a Vila Planalto. O segundo, um roteiro sobre os acampamentos que abrigaram os pioneiros responsáveis pela construção de Brasília.

As obras também fazem parte das comemorações de 80 anos do Iphan e serão lançadas em cerimônia nesta quinta-feira (12/1). Primeiro, será exibido o documentário em curta-metragem “Nossa história, nosso patrimônio: Vila Planalto”, de José Walter Nunes, professor da Universidade de Brasília (UnB).

Depois, será lançado o “Roteiro dos Acampamentos Pioneiros no Distrito Federal”, elaborado pela superintendência do Iphan no DF. O documento deve trazer informações sobre as construções provisórias, feitas para serem desativadas e desmontadas com a conclusão das obras da cidade, como a Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompeia e a Fazendinha, na Vila Planalto, e o antigo Hospital Juscelino Kubitschek de Oliveira, hoje Museu Vivo da Memória Candanga.

O evento é aberto ao público, totalmente gratuito e sem necessidade de reserva. Está marcado para ocorrer às 13h na sede do Iphan (SEPS 713/913, Bl. D, térreo, Sala Mário de Andrade).

Com a inauguração da capital, boa parte desses espaços foi desconstituída, mas alguns resistiram e deram origem a locais a regiões como Núcleo Bandeirante, Vila Planalto e Vila Metropolitana. De acordo com o Iphan, o documento destaca que “a permanência de muitos remanescentes é resultado da resistência organizada das populações em torno do direito à moradia, o que mostra que a história do Distrito Federal também foi feita a partir da ação dos movimentos populares”.

Após o lançamento, o roteiro também será disponibilizado gratuitamente na internet. Na cerimônia, haverá ainda palestras sobre aspectos históricos, sociais, arquitetônicos e urbanísticos da construção de Brasília, primeiro conjunto urbano do século XX a ser reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco, em 1987.

Da Redação

Últimas notícias

“Quero ser reconhecida como atriz”, diz filha de Kelly Key e Latino

Apesar do vozeirão, Suzanna Freitas quer seguir outro lado artístico

3 minutos passados

Em recuperação judicial, Livraria Cultura vende sebo on-line

A Livraria Cultura pediu recuperação judicial em 25 de outubro de 2018

6 minutos passados

Festival da Lagosta desembarca em Brasília com quatro pratos a R$ 59

O restaurante Vila Cinco promove a quarta edição do Festival com lagostas pescadas no litoral do Espírito Santo

19 minutos passados

Tom Welling, de Smallville, voltará a viver Super-Homem em série

O ator vai participar do próximo crossover do Arrowverse

21 minutos passados

A Fazenda 11: Tati Dias fala sobre treta com Bifão antes do reality

Drika dá a entender que vê aproximação de Bifão e Tati como "puxação de saco"

23 minutos passados

Pia Sundhage chama Seleção Feminina para amistosos e contará com Marta

A deleção partirá para a Europa, onde enfrentará a Inglaterra dia 5 e a Polônia dia 8

28 minutos passados