Homem reencontra a família depois de 10 anos em situação de rua no DF

 Marcelo Santos Alves, 27 anos, encontrava-se em situação de vulnerabilidade social e procurava familiares do interior baiano

atualizado 04/05/2021 11:22

Homem reencontra família da BahiaFoto: Divulgação/Sedes

 Marcelo Santos Alves, 27 anos, reencontrou a família após 10 anos de espera e dificuldades. Nesta semana, o acolhido da Casa de Passagem, programa da Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes), conseguiu contato com a mãe e as irmãs, que moram em Gangogi, no interior da Bahia.

Depois de passar anos nas ruas, o baiano foi acolhido em abril na Casa de Passagem de Taguatinga. “A minha ideia é poder visitar a minha família assim que possível”, afirmou.

Agora, Marcelo está em busca de emprego. “São pessoas muito humildes. a Minha maior vontade, agora, é poder ajudá-las de alguma forma”, contou, emocionado. Marcelo buscava qualquer informação dos familiares no interior baiano, até que chegou à mãe, Cláudia de Jesus.

0
Assistência

Com o objetivo de integrar pessoas em situação de rua ou em situação de vulnerabilidade, a Sedes abriu três Casas de Passagem no DF, em Taguatinga, Planaltina e Guará. A inclusão dessas pessoas segue o fluxo normal de acolhimento, via central de vagas da própria secretaria e por equipes especializadas em abordagem social de rua.

Marcelo também está inscrito no Cadastro Único para programas assistenciais e deu entrada na solicitação de benefícios e auxílios.

Com informações da Agência Brasília

Últimas notícias