metropoles.com

Andressa Urach já desmaiou no sexo anal. Veja como liberar sem dor

Se até a experiente Andressa Urach já chegou a desmaiar durante o sexo anal por conta de dor, anote essas dicas para não sofrer na prática

atualizado

Compartilhar notícia

Foto: @nuaporfabriciogarcia
Foto colorida Andressa urach - Metrópoles
1 de 1 Foto colorida Andressa urach - Metrópoles - Foto: Foto: @nuaporfabriciogarcia

Experiente que só ela quando o assunto é sexo, Andressa Urach já passou por maus bocados na hora H. Em entrevista à revista Quem, Urach afirmou que sentiu tanta dor a primeira vez que fez sexo anal que chegou a desmaiar.

“A primeira vez que fui fazer, cheguei a desmaiar. Foi bem dolorido, porque a pessoa que estava comigo foi muito rápida. Tem que ter um jeitinho, tem que ir com carinho, com gelzinho, bem devagarzinho… Até você se acostumar”, disse.

Apesar de ser uma prática amada por muitos, não é novidade que é preciso paciência e muita vontade para fazer o sexo anal dar certo – e o que é mostrado nos pornôs não passa perto da realidade.

Para quem tem vontade, é mais que possível explorar a região sem dor e com muito prazer.

Para isso, a terapeuta sexual Tâmara Dias dá as principais dicas para dar tudo certo. Confira:

Tenha vontade

A primeira coisa que se deve levar em consideração é se há vontade genuína em praticar o sexo anal. Afinal, ainda que seja saudável e prazeroso, cada um tem o direito de querer ou não fazer. “Não faça nada somente para agradar o(a) parceiro(a)”, diz Tâmara.

0

Tesão nas alturas

O relaxamento também é essencial para que o anal seja gostoso. Logo, quanto mais excitado, mais relaxado. “A dica é abusar das preliminares, ir estimulando a área mais suavemente para apenas depois começar a tentar a penetração”, indica.

Brinquedos

Os brinquedos e acessórios eróticos são ótimos aliados do prazer – tanto em “carreira solo” quanto a dois. Para começar o sexo anal (e também dar uma variada nele quando já estiver mais experiente), existem plugs e vibradores específicos, com vários tamanhos, materiais e propostas. “Existem diversos modelos voltados para a iniciação”, explica.

Camisinha e muito lubrificante

É sempre bom lembrar que a camisinha sempre se faz necessária para proteger os dois envolvidos, já que o sexo anal também é um meio de transmissão de infecções e doenças sexualmente transmissíveis. E o lubrificante é essencial para deixar tudo mais confortável e até mesmo evitar fissuras, já que o ânus não tem lubrificação natural. “Já deixe ao alcance das mãos”, lembra a especialista.

Paciência

Não adianta achar que é só deitar, dar umas lambidas, botar lubrificante e penetrar. Se o casal estiver com pressa, as chances de dar errado são grandes. “Se certifique de que o/a parceiro/a seja paciente para passar por todo o processo e somente fazer o que você permitir”, indica.

É essencial ir aos poucos para que a região se acostume e não seja muito dolorido. Comece com a ponta do dedo, depois ele inteiro e vá aumentando progressivamente. Tudo bem devagar para não se tornar algo traumático.

Posições

Não chega a existir uma posição ideal para o sexo anal, mas para quem está começando pode ser interessante tentar as que dão mais autonomia para que está sendo penetrado. “De ladinho ou a pessoa por cima facilitam o controle da penetração, aí é você quem dita”, garante.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações