metropoles.com

Defesa de Tomás Bertoni, ex de Titi, emite nota após denúncia de MP

Equipe de defesa do guitarrista enviou uma nota oficial à coluna após o Ministério Público denunciar o ex de Titi por violência psicológica

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Montagem
foto-abre-titi-muller-denuncia-mp-ex-marido-2-2023
1 de 1 foto-abre-titi-muller-denuncia-mp-ex-marido-2-2023 - Foto: Reprodução/Montagem

Após a coluna LeoDias noticiar com exclusividade que o Ministério Público protocolou uma denúncia contra Tomás Bertoni, ex-marido de Titi Müller, nesta quarta-feira (8/3), a defesa do guitarrista enviou uma nota oficial para este espaço. A equipe de defesa do integrante da banda Scalene se mostrou surpresa com a denúncia do órgão e afirmou que Bertoni nunca cometeu qualquer tipo de violência contra a ex-esposa. 

Além disso, na nota, a defesa alegou que a denúncia é “inepta”, uma vez que, supostamente, carece de provas materiais: “A defesa recebe a denúncia com surpresa. Tomás Bertoni jamais praticou violência de qualquer natureza contra Titi Müller. O crime de violência psicológica tem natureza material. Ou seja, a acusação depende de reconhecimento do resultado por laudo pericial, conforme o Ministério Público reconheceu em janeiro desse ano. Sem o laudo, a denúncia é inepta”. 

0

Na nota oficial, a defesa de Bertoni também afirma que a denúncia foi feita por um promotor recém colocado no caso e que não teria cumprido as diligências necessárias para protocolização: “A denúncia foi subitamente oferecida por um Promotor de Justiça que assumiu o caso recentemente, apesar de não terem sido cumpridas as diligências determinadas pela Promotora anterior”.

Por fim, Tomás Bertoni, por meio de sua defesa, também afirmou que irá esperar a análise da Justiça para, se for o caso, tomar medidas judiciais cabíveis. Além disso, a defesa do guitarrista falou sobre a preservação do filho do casal, Benjamin, de apenas dois anos.  

“A defesa aguardará a análise da denúncia pelo juízo competente e, em caso de recebimento, apresentará todas as provas nos autos e promoverá as medidas jurídicas cabíveis e necessárias à demonstração da verdade. No momento, a principal preocupação é preservar o filho menor de qualquer exposição indevida”, informou a nota.

A denúncia do Ministério Público

Na última quarta-feira (8/3), o Ministério Público, por meio do promotor Raul Agripino dos Santos Pinto, protocolou uma denúncia contra Tomás Bertoni com base no artigo 147-B do Código Penal, por violência psicológica contra a ex-mulher Titi Müller. O documento foi obtido com exclusividade pela coluna LeoDias. 

Nos autos do pedido, o MP afirma que Bertoni causou dano emocional a Titi Müller durante o período em que estiveram juntos, estando qualificado como crime no artigo 147-B, do Código Penal, de violência psicológica contra mulher. Em caso de condenação, ele poderá cumprir pena de 6 meses a 2 anos de prisão.

“TOMÁS BERTONI JARDIM, qualificado às fls. 339, prevalecendo-se de relações domésticas e familiares contra a mulher na forma da Lei 11.340/06, causou dano emocional à vítima Thielen Liziane Müller dos Santos, prejudicando-a e perturbando-a em seu pleno desenvolvimento e visando degradar ou a controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, chantagem, ridicularização, causando prejuízo à sua saúde psicológica e autodeterminação, tudo prevalecendo-se das pretéritas relações íntimas de afeto”, diz o documento.

Leia a nota da defesa de Tomás Bertoni na íntegra

“A defesa recebe a denúncia com surpresa. Tomás Bertoni jamais praticou violência de qualquer natureza contra Titi Müller. 

O crime de violência psicológica tem natureza material. Ou seja, a acusação depende de reconhecimento do resultado por laudo pericial, conforme o Ministério Público reconheceu em janeiro desse ano. Sem o laudo, a denúncia é inepta. 

A investigação tramita há apenas seis meses, em que foram ouvidas apenas testemunhas indicadas por Titi Müller, e que ainda assim não confirmaram ter presenciado qualquer conduta violenta. 

A denúncia foi subitamente oferecida por um Promotor de Justiça que assumiu o caso recentemente, apesar de não terem sido cumpridas as diligências determinadas pela Promotora anterior.

A defesa aguardará a análise da denúncia pelo juízo competente e, em caso de recebimento, apresentará todas as provas nos autos e promoverá as medidas jurídicas cabíveis e necessárias à demonstração da verdade. 

No momento, a principal preocupação é preservar o filho menor de qualquer exposição indevida.”

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações