Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Após reclamação de Ludmilla, Multishow assume falta de representatividade em premiação

Cantora disse que o evento a boicota há muito tempo apesar de seus números na música

atualizado 19/10/2021 21:09

Ygor Marques/ Divulgação

Ao que tudo indica as reclamações de Ludmilla sobre o Prêmio Multishow surtiram efeito. Após anunciar que não iria se apresentar no evento por ter sido esnobada em de seus melhores anos de carreira, o canal do grupo Globo emitiu um comunicado nesta terça-feira (19/10).

Leia o comunicado do canal:

Tivemos um papo há pouco com a Lud, numa escuta ativa, e entendemos seu posicionamento. Sabemos que o mundo de hoje ainda está longe da representatividade ideal e continuaremos trabalhando no que for necessário para evoluir. Em 2019, criamos a Academia Prêmio Multishow, um grupo de cerca de 500 especialistas ligados à música – críticos, jornalistas, empresários, gravadoras, radialistas, contratantes e representantes de todos os gêneros e regiões do país para eleger os indicados ao Prêmio Multishow (que depois têm seus vencedores escolhidos pelo público). Mas temos consciência de que a luta pela diversidade deve ser diária e entendemos que precisamos estar ainda mais comprometidos com a causa”.

A conta oficial no Twitter do Multishow fez questão de comunicar que acompanha a carreira da Rainha da Favela há anos e que continuará prestigiando-a: “O Multishow acompanha a Lud desde o início de sua carreira. Temos uma longa e sólida parceria que nos permite sempre trocar ideias para evoluir juntos. Durante os últimos anos, tivemos o orgulho de ter a presença da Ludmilla em muitas edições do Prêmio Multishow tanto com performances inesquecíveis, como também em 12 indicações, sendo merecidamente premiada como Cantora do Ano e Música Chiclete em 2019 e Música do Ano em 2020. Lud também concorre esse ano com duas indicações – Hit do Ano e Clipe TVZ do Ano”.

Mais lidas
Últimas notícias