metropoles.com

PSD reage e marca reunião para discutir convite de Bolsonaro no Senado

Contrários à ideia, senadores do PSD marcaram uma reunião para discutir possibilidade de a sigla assumir liderança do governo no Senado

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação
Alexandre Silveira
1 de 1 Alexandre Silveira - Foto: Divulgação

Contrários à ideia, a bancada do PSD no Senado reagiu e decidiu marcar uma reunião interna para discutir o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro para que o futuro senador Alexandre Silveira (PSD-MG) assuma a liderança do governo na Casa.

O encontro foi convocado pelo líder da legenda no Senado, senador Nelsinho Trad (PSD-MT), para o próximo dia 8 de fevereiro, dias após a retomada dos trabalhos legislativos. O presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, deverá participar da reunião.

Nos bastidores, vários senadores do PSD se posicionam contra a ideia. Em linhas gerais, argumentam “não ter cabimento” a sigla assumir a liderança do governo, enquanto se define como “independente” e demonstra interesse em ter candidatura própria à Presidência em 2022.

O nome da legenda para a disputa ao Palácio do Planalto é o do atual presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). O próprio Pacheco, de quem Silveira é muito próximo, tem demonstrado contrariedade com a possibilidade de o aliado virar líder do governo na Casa.

Atual diretor de Assuntos Técnicos e Jurídicos do Senado, Silveira assumirá o mandato de senador em fevereiro na vaga de Antonio Anastasia (PSD-MG), de quem é suplente. Anastasia renunciará ao mandato após o Senado aprovar sua indicação para ser ministro do Tribunal de Contas da União (TCU).

Na semana passada, Silveira postou em suas redes sociais confirmando que havia recebido de Bolsonaro o “convite” para assumir a liderança do governo no Senado. O diretor afirmou, porém, que só faria a avaliação da proposta após tomar posse  no cargo de senador oficialmente.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?

Notificações