Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi e Victoria Abel

MDB deve contrariar Renan Calheiros e apoiar reeleição de Lira

Apesar da resistência de Calheiros, rival de Lira em Alagoas, MDB deve estar ao lado do atual presidente da Câmara em sua reeleição

atualizado 25/11/2022 10:12

Imagem colorida com duas fotografias de close de homens grisalhos Hugo Barreto/Igo Estrela/Metrópoles

Apesar da resistência de Renan Calheiros, o MDB caminha para anunciar apoio à reeleição de Arthur Lira (PP-AL) ao comando da Câmara na disputa de fevereiro de 2023.

As negociações já estão sendo feitas pelo líder do MDB na Câmara, Isnaldo Bulhões (AL), e o presidente do MDB, Baleia Rossi, que se reuniu com Lira na quarta-feira (23/11), em Brasília.

Em troca do apoio à recondução do atual presidente da Casa, o MDB reivindica um dos outros seis espaços na Mesa Diretora; provavelmente uma das secretarias.

O acordo final entre Lira e o MDB, porém, só deve ser sacramentado na próxima semana, quando o atual presidente da Câmara retorna da Copa do Mundo no Catar.

Sem alternativa

Inicialmente, o MDB chegou a cogitar lançar um candidato próprio na disputa. O nome seria o de Isnaldo ou o do próprio Baleia, que perdeu para Lira na disputa de 2021.

Lideranças emedebistas, no entanto, decidiram abrir negociação com Lira após perceber que a maioria das siglas deve apoiar a reeleição do atual presidente da Câmara.

“Não vejo alternativa”, resumiu à coluna um influente cacique do MDB. Hoje, a principal resistência ao apoio a Lira vem do clã Calheiros, adversário político do deputado em Alagoas.

Mais lidas
Últimas notícias