Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Até quando Bolsonaro espera que seus eleitores fiquem na porta dos quartéis

O objetivo do partido de Bolsonaro foi tentar manter a mobilização dos eleitorados

atualizado 20/11/2022 0:57

Foto colorida mostra Bolsonaro cercado por ministros e aliados - Metrópoles Hugo Barreto/Metrópoles

Jair Bolsonaro confidenciou a aliados que esta é a última semana em que acredita que seus apoiadores ficarão em frente aos quartéis pedindo um golpe de Estado.

O presidente avalia que a Copa do Mundo, que começa neste domingo, fará com que os eleitores se desmobilizem e queiram assistir aos jogos em casa.

As declarações de Valdemar Costa Neto, presidente do PL, neste sábado (19/11), afirmando que o TSE teria dado o mesmo número de patrimônio para diversas urnas, o que dificultaria o controle pelo tribunal, foram feitas seguindo essa lógica do presidente.

O objetivo do partido de Bolsonaro foi tentar manter a mobilização dos eleitorados.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna