As curiosidades, tendências e novidades do mundo pet

Mulher é salva pelo próprio gato durante ataque cardíaco: “Ele sabia”

Uma moradora de Nottinghamshire, na região central da Inglaterra, alega que o animal de estimação a salvou da morte

atualizado 17/08/2022 17:21

Mulher tem é salva pelo seu gato durante ataque cardíaco: "Ele sabia!" Reprodução

A britânica Sam Felstead afirma que seu gato de estimação a salvou da morte. De acordo com ela, ao sofrer um ataque cardíaco enquanto dormia, Billy, o felino em questão, começou a miar e pular em cima da tutora, que acordou e percebeu os sintomas do infarto.

À BBC Londrina, Sam contou que, se não fosse pelo pequeno animal de pelos brancos e manchas cinzas, ela poderia ter morrido. “Ele [Billy] normalmente não se senta comigo, mas ele sabia que algo estava errado. Não me deixava em paz! Acho que ele salvou a minha vida, assim como todo mundo ao meu redor”, contou.

Ao acordar com a agitação do gato, a mulher percebeu que não conseguia mexer o lado direito do corpo e, rapidamente, foi levada ao médico pela mãe. “Os médicos disseram que foi importante ter chegado logo no hospital”, disse a moradora de Nottinghamshire, na região central da Inglaterra.

0

Aviso “celesmiau”

“Ele foi muito esperto, Deus o abençoe. Ele queria ficar ao meu lado o tempo todo. Normalmente, ele fica sentado ao lado da minha mãe e não liga para mim. Ele ama a minha mãe e dá muito amor a ela”, revelou.

Apesar de se sentir “muito grata” por Billy ter salvo sua vida, a mulher conta que o bichano parece “indiferente” a ela.

“Quando saí do hospital, Billy não se aproximou de mim por horas. Não sei se eu estava com um cheiro estranho de hospital… A verdade é que ele sempre foi muito apegado à minha mãe”, disse ela.

Depois do ocorrido, Felstead precisou ficar internada por quatro dias. Ela passou por uma angioplastia, um procedimento pouco invasivo para combater a obstrução de artérias que conduzem o fluxo sanguíneo até o coração. O infarto da britânica aconteceu no início do mês. Desde então, ela toma medicamentos para o coração.

Mais lidas
Últimas notícias