Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Descubra o Slim Patch, adesivo que promete eliminar peso

O produto tem feito sucesso nos Estados Unidos e na Europa. Agora, está em ascensão no Brasil

atualizado 27/07/2022 19:45

Slim Patch Reprodução/Slim Patch

Você já imaginou colocar um adesivo no umbigo para perder peso? Essa é a proposta do Slim Patch, um produto que tem feito sucesso nos Estados Unidos e na Europa e que, agora, está em ascensão no Brasil. De acordo com o fabricante, o item é capaz de eliminar de quatro a oito quilos por mês. Mas, calma, será que é verdade?

Segundo o site Slim Patch Original, o adesivo transdérmico agrupa ingredientes naturais que ajudam na redução do inchaço, na remoção de impurezas do corpo, na melhora da digestão, no auxílio da perda de peso e na aceleração do metabolismo. Mas, como? Ele é composto pelos seguintes itens:

  • Fio de Artemísia

Essa é uma planta medicinal conhecida como rainha-das-ervas, camomila-do-campo ou erva-de-fogo, que é rica em flavonóides, sesquiterpenos e ácidos fenólicos, com propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antiespasmódicas e antissépticas.

A erva é popularmente usada para tratar problemas como menstruação irregular, cólicas menstruais e para acalmar a ansiedade. No caso do Slim Patch, o Fio de Artemísia “ajuda nos esforços de perda de peso e remove toxinas do corpo”.

Artemisia tridentata
Artemisia tridentata
  • Raiz de Gengibre

Comestível, a raiz do gengibre vem sendo usada por muito tempo para o tratamento de diferentes problemas de saúde, desde colaborar no emagrecimento até combater a má digestão, azia, enjoo, gastrite, resfriados, colesterol alto, pressão alta, tosse e problemas de circulação sanguínea. Ao compor o adesivo, a raiz de gengibre “facilita a desintoxicação gastrointestinal e reduz o inchaço”.

Raiz de gengibre
Raiz de gengibre
  • Plantas do gênero Zanthoxylum

Zanthoxylum é um género botânico que contém cerca de 250 espécies de árvores e arbustos, nativas de zonas temperadas e subtropicais de todo o planeta. O fruto de algumas espécies é utilizado para preparar especiarias. O uso da planta no Slim Patch, segundo o fabricante, proporciona “o aumento da circulação sanguínea e do metabolismo, fortalecendo o sistema imunológico”.

Zanthoxylum armatum
  • Atractylodes Lancea

Atractylodes é uma planta cuja raiz é adaptada para se fazer remédios, em especial, para tratar obesidade, indigestão, dor no estômago e inchaço. Ao integrar o adesivo “emagrecedor”, a planta “reduz a celulite e promove a queima de gordura em todo o corpo”.

Slim Patch
Adesivo “emagrecedor”
De fora para dentro

Conforme a marca fabricante anuncia, o adesivo foi apresentado a endocrinologistas e nutricionistas ao longo dos últimos cinco anos para testes consecutivos, “sendo aprovada e comprovada a redução de medidas e gorduras”.

Nas instruções, recomenda-se colar o Slim Patch no umbigo uma vez ao dia, deixando na pele por 8 a 12 horas, até completar um mês. Mas existem algumas contraindicações: crianças abaixo de 12 anos, gestantes, idosos acima de 68 anos, pós-parto inferior a 3 meses, pessoas com hipotireoidismo ou mulheres em período menstrual.

Slim Patch
O produto tem feito sucesso nos Estados Unidos e na Europa, e, agora, está em ascensão no Brasil

Em outros sites de revenda, como Americanas.comMagazine Luiza, ou até mesmo no site Slim Patch Oficial (diferente do Slim Patch Original), é possível encontrar adesivos para redução de medidas com outros ingredientes naturais, como: Fucus Vesiculosus (emagrecimento), 5HTP (ansiedade), guaraná (metabolismo), Zinco Piruvato (perda de peso), erva-mate (diurético, anti obesidade, digestão) e citrato de zinco (imunidade).

Nesse último caso, a marca fabricante explica que a ação do produto assemelha-se ao princípio da acupuntura, “bloqueando a absorção e eliminando os depósitos de gordura, aumentando a circulação do sangue para remover as toxinas do corpo”. Por ser a base de ervas naturais, o Slim Patch não possui efeitos colaterais.

Slim Patch
Ingredientes naturais presentes no Slim Patch Original
Relato

Em conversa com a Coluna Claudia Meireles, a estudante de medicina Lorena Ciriaco, afirma que, atualmente, faz uso do adesivo. “Eu comecei a usar o Slim Patch por recomendação de uma colega de curso, que acabou se especializando em medicina ayurvédica”, diz ela. “O adesivo funciona pelo mesmo princípio da acupuntura, que também é uma prática que eu sou adepta e adoro”, acrescenta.

De acordo com ela, os ativos do produto atuam no aumento da circulação sanguínea para remover as toxinas do corpo. “Então, o que eu mais pude perceber depois de começar a usar foi o aumento da diurese e a diminuição do inchaço do corpo”, relata.

“No mesmo período em que comecei a usar o adesivo, cortei o consumo de carne vermelha e pude perceber uma sensação de bem estar, melhora na digestão e mais disposição. Claro que não é um método milagroso, mas sendo usado em conjunto com outras práticas é bem eficiente!”, conta Lorena Ciriaco, que está no 8º período do curso de medicina.

Portanto, para quem sofre com inchaço, Lorena sugere experimentar o adesivo, devido aos ativos naturais que ajudam na drenagem do líquido e até na diminuição da fome.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias