Para Leo Dias, vitória da Viradouro tem uma explicação: dinheiro

Com o enredo De Alma Lavada, o desfile levou o título de campeã do Carnaval 2020. Análise é de Leo Dias, da Rádio Metrópoles 104,1 FM

Bruna Prado/Getty Images

atualizado 27/02/2020 9:39

Nessa quarta-feira (26/02/2020), a a Unidos do Viradouro foi eleita a escola de samba vencedora do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Com o enredo De Alma Lavada, o desfile levou o título de campeã do Carnaval 2020. A apuração dos votos foi realizada na Praça da Apoteose, direto da Sapucaí e, como de costume, a vitória foi definida décimo a décimo.

Porém, segundo Leo Dias, da Rádio Metrópoles 104,1 FM, a maior explicação para a vitória da escola foi o dinheiro. O jornalista afirmou, durante o programa Os Cabeças da Notícia, que a agremiação não era a favorita ao título. Porém, como a escola é de Niterói (RJ), contou com ajuda financeira da prefeitura. O mesmo não aconteceu com as demais.

Neste ano, a Viradouro levou para a avenida a história do grupo das Ganhadeiras de Itaupã, quinta geração de mulheres que lavavam roupa na Lagoa do Abaeté e faziam outros serviços em Salvador em busca da compra de sua alforria.

Foram nove os quesitos avaliados pelos jurados: fantasias, samba-enredo, comissão de frente, enredo, alegorias e adereços, bateria, mestre-sala e porta-bandeira, evolução e harmonia. A Grande Rio liderou as disputas do primeiro ao oitavo quesitos de notas, mas viu a Viradouro tomar a liderança em Evolução.

Veja fotos do desfile:
0

Últimas notícias