Ibaneis anuncia o advogado Valdetário Monteiro para a Casa Civil do DF

Novo titular do primeiro escalão do GDF é conselheiro do Conselho Nacional de Justiça

Arquivo PessoalArquivo Pessoal

atualizado 12/06/2019 18:01

Um mês depois de Eumar Novacki deixar a Casa Civil do Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha (MDB) escolheu o sucessor: o advogado Valdetário Andrade Monteiro. Conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ele entra no lugar de Gustavo Rocha, que chefiava a pasta interinamente.

A escolha, de acordo com Ibaneis, ocorreu pela confiança do chefe do Executivo no amigo e também ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Ceará (OAB-CE). “Ele está em Brasília há muito tempo, como integrante do CNJ. Tem um perfil técnico, além de manter um excelente relacionamento com o Poder Judiciário, o Ministério Público e o Congresso Nacional, áreas de responsabilidade da Casa Civil”, disse ao Metrópoles.

Valdetário, que é irmão do deputado federal Luiz Odorico Monteiro de Andrade (PSB-CE), assume a Casa Civil dentro de um cenário de redução da pasta.

Dentro do governo, estuda-se a possibilidade de fatiar o órgão da Secretaria de Governo. O nome cotado para chefiar a nova secretaria independente é José Humberto Pires, conselheiro de Ibaneis.

Zé Humberto, como é chamado, foi secretário na gestão de José Roberto Arruda (PR) e teve o nome cotado para chefiar a Casa Civil.

SOBRE OS AUTORES
Manoela Alcântara

Formada em jornalismo pelo Icesp. Trabalhou na Voz do Brasil, no Jornal de Brasília e no Correio Braziliense. Ganhadora de dois prêmios Sebrae de Jornalismo Econômico, uma das vencedoras do 1º Prêmio Polícia Federal de Jornalismo, jornalista destaque da Universidade de Brasília (UnB) por três vezes consecutivas. Repórter de Política local do Metrópoles desde 2015.

Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias