Felipe Neto diz que precisa “fazer barulho” por “situação caótica” do país

Na última semana, o youtuber publicou um vídeo no site do New York Times para criticar o presidente Jair Bolsonaro

atualizado 23/07/2020 17:01

Felipe NetoReprodução

Felipe Neto participou do programa Saia Justa, no GNT, nessa quarta-feira (22/7), para falar sobre o vídeo que gravou para o jornal New York Times. Segundo ele, se ão estivesse tão caótica, ele não precisaria estar tendo que fazer barulho nas redes sociais para chamar a atenção das pessoas”.

“Se a situação [do país] não estivesse tão caótica, tão absurda, o youtuber de entretenimento que faz vídeos de Minecraft não precisaria estar no Twitter ou em outras redes sociais fazendo tanto barulho, e gritando tanto, para chamar a atenção [das pessoas] para o que está acontecendo”, disse o youtuber.

0

Sobre a frase que abre o vídeo – “Quando o palhaço tem que falar sério, a gente sabe que é porque o circo deve estar pegando fogo” -, Neto explicou: “Em um cenário circense, eu seria o palhaço; o cara que traz a alegria, que realiza brincadeiras e faz a garotada rir. Mas, quando o palhaço precisa falar sério é porque o circo está com sérios problemas, e provavelmente pegando fogo”.

O vídeo foi enviado do jornal americano no último dia 15. Nas imagens, o youtuber tece críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A imagens duram pouco mais de 6 minutos e o youtuber se prontifica a provar que, diferentemente das crenças em que os americanos acreditam, Bolsonaro é o pior líder democrático em tempos de pandemia do novo coronavírus.

No final do vídeo, o influencer pediu ajuda para os americanos. “Se você quer saber como ajudar o Brasil, não reeleja Trump”, disse.

Últimas notícias