RJ: deputados bolsonaristas pedem Medalha Tiradentes a Luciano Hang

Projeto de resolução foi publicado no Diário Oficial do estado nesta quinta-feira (20/10) e ainda está em tramitação

atualizado 20/10/2021 19:46

Hang depõe na CPIRafaela Felicciano/Metrópoles

Rio de Janeiro – Dois deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) apresentaram um projeto de resolução para conceder a Medalha Tiradentes, uma das honrarias mais importantes da Casa, ao empresário bolsonarista Luciano Hang, proprietário da Havan. O pedido foi apresentado há uma semana e publicado no Diário Oficial do estado nesta quarta-feira (20/10).

O cofundador da loja de departamentos é um dos indiciados no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, no Senado Federal, acusado de incitação ao crime por disseminar fake news em favor do governo federal. Ele também é suspeito de integrar um “gabinete paralelo”, que aconselhava o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

0

 

O projeto foi proposto pelos deputados Anderson Moraes e Charlles Batista, ambos do PSL e bolsonaristas. Na justificativa, Moraes afirma que Hang faz um “incansável trabalho” para “empreender e gerar empregos, oportunidades de trabalho e crescimento pessoal e profissional para milhares de colaboradores”.

“Vale ressaltar que o megaempresário brasileiro ganhou uma maior notoriedade ao se tornar um aliado fiel do então candidato à Presidência, Jair Messias Bolsonaro, eleito com mais de 57 milhões de votos em 2018”, escreveu o parlamentar.

Moraes também cita que Hang entrou para a lista de bilionários da revista Forbes e tem trajetória profissional “de relevância”.

No Diário Oficial, constam os nomes de mais 18 deputados no projeto de resolução: Alexandre Freitas (Novo), Alexandre Knoploch (PSL), André Corrêa (DEM), Bebeto (Pode), Chico Machado (PSD), Coronel Salema (PSD), Delegado Carlos Augusto (PSD), Dr. Deodalto (DEM), Filippe Poubel (PSL), Franciane Motta (MDB), Gustavo Schmidt (PSL), Jalmir Júnior (PRTB), Marcelo Dino (PSL), Márcio Gualberto (PSL), Marcos Abrahão (Avante), Marcos Muller (Solidaridade), Renato Zaca (PTB) e Rodrigo Amorim (PSL).

A proposta, no âmbito interno da Casa, ainda está em tramitação. O primeiro destino é a Comissão de Normas Internas e Proposições Externas para análise.

A Medalha Tiradentes é uma das principais honrarias da Alerj. Segundo o regimento interno, ela pode ser concedida a “personalidades nacionais ou estrangeiras que, de qualquer forma, tenham serviços prestados ao estado do Rio de Janeiro, ao Brasil ou à Humanidade”.

Mais lidas
Últimas notícias