Proibidão em festa infantil: músicas de evento escolar revoltam pais

Vídeo mostra crianças abaixo de 10 anos dançando música com letra pornográfica, durante festa do pijama promovida por uma escola de Goiânia

atualizado 21/10/2021 16:52

escola é notificada em goiânia por causa de festa infantil com música de teor sexualReprodução

Goiânia – O Conselho Tutelar de Goiânia foi acionado por pais de crianças de uma escola infantil, que se sentiram incomodados com os vídeos de uma festa do pijama promovida pela unidade de ensino.

Os vídeos, registrados no início deste mês, durante a festa realizada pela Escola Cantinho das Letras, localizada no Conjunto Vera Cruz, mostram crianças abaixo de 10 anos dançando e cantando músicas com letras pornográficas.

Veja:

 

Divulgação

As imagens foram publicadas por funcionários do local nas redes sociais, no dia do evento, e os pais tiveram acesso a ela. A festa foi realizada em comemoração ao Dia das Crianças.

As letras das músicas falam de sexo, ejaculação e se referem às meninas com palavras como “piranha”. Para o Conselho Tutelar, o caso configura violação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A escola recebeu uma notificação. Érika Reis, que é conselheira tutelar no Setor Campinas e que atende a região do Conjunto Vera Cruz, explica que existe previsão na lei brasileira, capaz de enquadrar o ocorrido na escola.

Um dos exemplos é o artigo 234 do Código Penal, que considera crime realizar, em lugar público ou acesso ao público, audição ou recitação de caráter obsceno.

Letras

Em um dos vídeos, é possível ouvir partes da música “Loucura que Ela Fez Comigo”, do Funk Explode, e “Menina Se Prepara” do MC Pepeu. Na primeira, em uma das partes é dito: “Ô, moça, joga essa bunda pros faixa preta…”.

Já em outro vídeo, as crianças dançam ao som da seguinte letra: “Então menina se prepara, primeiro toma Jack, depois leite na sua cara. Piranha treinada desce e vai na vara. O verde te enlouquece e tu fode alucinada”.

Mais lidas
Últimas notícias