Prefeito de Manaus: “Bolsonaro é principal aliado do vírus”

Arthur Virgílio Neto disse que defesa, por parte do presidente, ao afrouxamento do isolamento prejudica o Amazonas

atualizado 12/04/2020 18:42

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), fez duras críticas à campanha do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra o isolamento social em uma entrevista exclusiva ao site UOL. “As convocações que o presidente faz para as pessoas saírem fortalecem o vírus, enfraquecem Manaus. O presidente Bolsonaro, é hoje, o principal aliado do vírus”, afirma Arthur Neto.

Virgílio Neto pontuou que Manaus chegou a ter um percentual de 70% das pessoas em casa, seguindo as orientações das autoridades de saúde, antes de o presidente começar a agir contra o isolamento para conter o novo coronavírus. Depois que ele passou a sair às ruas, esse percentual teria caído para aproximadamente 50%.

“Às vezes me dá até a impressão de que Bolsonaro já teve a doença, já está imunizado, e pode andar por onde quiser”, declarou Neto. Por lá, já são 1.206 casos de contaminação e 62 mortes, segundo os dados do Ministério da Saúde, atualizados até este domingo.

Leia mais no Manaus Alerta, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias