Bolsonaro se manifesta sobre chuvas no Recife: “Estamos atentos”

Presidente manifestou pesar e solidariedade às vítimas. Ao menos 34 mortes já foram registradas em Pernambuco por conta das fortes chuvas

atualizado 28/05/2022 18:22

Jair BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se manifestou no Twitter, no começo da noite deste sábado (28/5), sobre as chuvas que já provocaram ao menos 34 mortes na Região Metropolitana do Recife, em Pernambuco. O chefe do Executivo afirmou que está “atento” e destacou as ações tomadas por órgãos do governo federal.

“Estamos atentos às fortes chuvas que atingem Pernambuco e outros estados do nosso Nordeste. Determinei ao Ministério do Desenvolvimento Regional o monitoramento ininterrupto da situação, com o envio de equipes para prestar o auxílio necessário às autoridades locais no socorro às regiões afetadas”, disse Bolsonaro.

Ele ainda mencionou, na publicação, o sobrevoo do ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, em áreas atingidas pelas chuvas também no estado de Alagoas.

“Após sobrevoo em áreas atingidas no estado de Alagoas, publicamos reconhecimento federal de emergência em 13 municípios e fizemos uma primeira liberação imediata de R$ 2,5 milhões para ações de socorro e assistência humanitária nas duas cidades em situações mais críticas”, salientou o presidente.

Bolsonaro finalizou emitindo “profundos votos de pesar e solidariedade” às vítimas da chuva. “Nossos mais profundos votos de pesar e solidariedade às vítimas desse triste desastre, bem como as famílias que tiveram seus bens destruídos pelas chuvas. É um momento difícil para todos. Faremos o que estiver ao nosso alcance para amenizar essa dor”, conclui.

 

Neste sábado (28/5), o presidente Jair Bolsonaro passou o dia em Manaus para encontros com líderes evangélicos e compareceu também a um evento religioso, intitulado como “Marcha para Jesus”. Ele deve retornar à Brasília no início da noite.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias